Ebooks

INFORMAÇÃO IMPORTANTE
Infelizmente o 4shared bloqueou o acesso a conta onde eu armazenava os e-books (aparentemente tem algo haver com direitos autorais). Assim que tiver um novo site para armazenamento enviarei os links.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Impressora 3D e Reabilitação. Vamos novamente esperar a tecnologia se tornar obsoleta?

Há alguns anos atrás eu li uma matéria sobre impressoras 3D na revista superinteressante. Lembro que na época pensei “grande coisa essa tal impressora 3D, esse troço vai acabar servindo só pra imprimir bobagens e brinquedos de criança em casa”. 

Confesso que não poderia estar mais enganado.
Recentemente li e assisti algumas reportagens sobre o uso da impressora 3D para imprimir “órgãos” (confira em: http://www.cti.gov.br/bioimpressao-dt3d), e até comida  (http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI205047-17770,00-IMPRESSORA+D+E+USADA+PARA+FAZER+COMIDA.html).
Mas o que mais me impressionou foi a matéria no fantástico sobre um sujeito que imprimiu uma prótese para o filho que nasceu com má formação congênita.

Eu trabalho no grupo de amputados de um hospital ortopédico do Rio de Janeiro. Para ser mais exato, eu faço parte da equipe que atende crianças que nasceram com má formação congênita ou que sofreram amputações.  Trabalho com uma Terapeuta Ocupacional tão doida quanto eu, e fizemos algumas “experiências” com plástico termomoldável, motivados principalmente pela demora e pela burocracia sem fim envolvidas na dispensação de próteses pelo Serviço Único de Saúde.
Desenvolvemos alguns dispositivos que poderíamos chamar de “ortopróteses não convencionais” e até já apresentamos em seminários e congressos. No momento estamos usando o meu próprio video game Nintendo Wii para trabalhar equilíbrio e propriocepção em alguns garotos com amputação de membros inferiores (solicitamos um para o nosso setor há 4 anos atrás... há três meses cansamos de esperar e resolvemos bancar com nossos próprios recursos).

Mas quando vi a matéria sobre a impressão de próteses no fantástico senti meu cérebro dando cambalhotas na cabeça e uma vontade louca de comprar uma impressora 3D.
Infelizmente terei de esperar o preço baixar e principalmente terei de esperar a burocracia da área da saúde, que cobra tanto “inovação e novas idéias” coçar o bolso e comprar uma impressora 3D . . . infelizmente receio que só fará isso depois desta tecnologia se tornar obsoleta . . . Mas quem sabe daqui a alguns anos eu próprio não compro uma e resolva compartilhar com quem precisa ?
Enquanto isso, assistam abaixo um video em inglês da estória do pai que imprimiu uma mão pro filho.



Para quem acha que é brincadeira, assista abaixo um video de uma palestra ministrada no TED (idéias que merecem ser espalhadas - confira a definição do projeto no link http://pt.wikipedia.org/wiki/TED_(confer%C3%AAncia). Realizada em 2013 e que fala sobre a paixão de um garoto em desenvolver uma mão biônica 


Tem também links que podem ser interessantes 
How a 3D printer gave a teenage bomb victim a new arm. Matéria publicada no “The Guardian”  http://www.theguardian.com/lifeandstyle/2014/jan/19/3d-printer-bomb-victim-new-arm-prosthetic-limb

Father builds prosthetic hand for son with 3-D printer after watching online DIY video. Matéria publicada no “The Daily Mail” http://www.dailymail.co.uk/news/article-2478750/Father-builds-prosthetic-hand-son-3-D-printer-watching-online-DIY-video.html



Um comentário:

Thays Travassos disse...

Muito boa o sua postagem Humberto... também sou fisio e para varia estou a minha própria sorte...mais isso é outra história.
Quero dizer que também vi a matéria do fantástico e fiquei muito empolgada, mais para mim a realidade é ainda mais dura, moro no maranhão é uma impressora 3D é algo do tipo do conto de fadas.
Desejo-lhe sorte e aguardo mais posts interessantes como esse.