Ebooks

INFORMAÇÃO IMPORTANTE
Infelizmente o 4shared bloqueou o acesso a conta onde eu armazenava os e-books (aparentemente tem algo haver com direitos autorais). Assim que tiver um novo site para armazenamento enviarei os links.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Falsas lesões na Copa

Esta não é uma postagem sobre fisioterapia.

Aparentemente os especialistas em fisioterapia desportiva estão com os dias contados. Digo isso pois os jogadores desta Copa parecem ter um fator de cura semelhante ao do Wolverine, e portanto, não necessitam de fisioterapia.

Vou explicar melhor minha hipótese: em várias entradas mais violentas nesta Copa, vejo o jogador ser arremessado pelo ar se contorcendo, e ao se chocar contra o gramado imediatamente assume a posição fetal, rolando de um lado para o outro, revirando os olhos e rangendo os dentes em agonia profunda. Aí ele olha pro juiz e, milagrosamente, em menos de 30 segundos se levanta e volta correndo pra partida.

Brincadeiras à parte, os fãs do futebol sabem que esta é apenas uma das táticas mais antigas do futebol: A milonga (ou a arte de transformar uma pequena falta em uma performance épica pode render cartões para o time adversário, matar um  pouco o tempo da partida ou apenas dar aos companheiros de time alguns momentos para respirar).

0
Eu li uma matéria bastante interessante Wall Street Journal que fala a respeito desta tática. Aliás, aparentemente os jornalistas do Wall Street ficaram tão impressionado com as milongas que decidiram fazer um estudo empírico analisando as primeiras 32 partidas da Copa do Mundo com o objetivo de determinar qual país merece o título de maior milongueiro do mundo.

0

Eles observaram algumas coisas interessantes:

Durante os primeiros 32 jogos, episódios teatrais consumiram um total de 118 minutos e 21 segundos de jogo. Os pesquisadores decidiram chamar isto de "tempo se contorcendo". Este tempo foi calculado considerando o tempo entre o apito do juiz até o momento em que o jogador se levanta e retorna a partida. 
O estudo concluiu uma coisa interessante: A quantidade de sofrimento durante uma partida se correlaciona fortemente com o placar. Os jogadores em equipes que estavam perdendo seus jogos foram responsáveis ​​por 40 milongas, contabilizando aproximadamente 12,5 minutos de tempo se contorcendo. Mas os jogadores em equipes que foram vencedoras, tiveram 103 episódios de "milonga" e passaram quase quatro vezes mais tempo se contorcendo no chão. 

MAIS ALGUNS RESULTADOS:

A equipe cujos jogadores mais se contorceram durante as partidas: BrasilForam 17 incidentes só nos dois primeiros jogos da seleção, e adivinhem quem é o destaque? Isso mesmo, o Neymar Jr. Ele sozinho foi responsável por cinco “milongas”. Em todos os casos, após a suposta lesão, ele estava de pé dentro de 15 segundos (praticamente um Highlander!). 



A Equipe que gastou mais tempo se contorcendo em campo: HondurasA seleção de Honduras foi a equipe que passou mais tempo agonizando no chão ou sendo atendida: 7 minutos e 40 segundos para ser exato. Destes, 5 minutos e 10 segundos aconteceram no primeiro tempo do jogo contra a França, quando o jogo estava empatado (resultado muito bom para eles).


O time mais durão, que mesmo depois de levar uma falta é capaz de se levantar, sorrir e pedir outra pancada pro adversário: Bósnia e Herzegovina.Eu confesso que chutaria Russia, simplesmente pelo fato dos jogadores serem russos . . . todo mundo sabe que os russos são sinistros. Mas eu me enganei. Foram os Bósnios que levaram o troféu de durões.Obviamente por serem novatos na Copa do Mundo ainda não enteram direito como a milonga funciona Eles só fizeram duas "milongas" em dois jogos em um total de 24 segundos de tempo de se contorcendo. Como diria o Cumpadi Washington ... sabe de nada inocente!



O time mais massacrado em um só jogo: ChileDepois de conseguirem  uma vantagem inicial contra a Espanha, os chilenos fizeram 11 "milongas", quantidade equivalente a que outras 24 outras equipes fizeram em dois jogos.


A lesão mais rápida (até o momento): Enner Valencia, do EquadorJá o "milagre" da recuperação mais rápida do começo desta Copa ficou a cargo do equatoriano Enner Valencia, que, contra Honduras, demorou apenas quatro segundos entre cair, rolar no gramado com a mão no joelho e se levantar.




Pior uso de uma maca: 5 jogadores (empate) 
Dos nove jogadores que precisaram sair de campo, cinco retornaram em menos de 90 segundos (faz melhor Wolverine!)




Tem um site com uns GIFS muito legais sobre jogadores fazendo firula. o link é esse aqui debaixo::
http://www.tudointeressante.com.br/2014/06/18-jogadores-fingindo-contusoes-de-forma-escandalosamente-engracada.html

2 comentários:

Renan Tervedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jose disse...

eu acredito que se deletaram os exames e apagaram qualquer vestigio da lesao tudo indica que seja o maior e mais sujo golpe de marketing dessa familia que já aprontou e inventou muitas situações similares antes