Introdução (ou algo que o valha)

Já vou logo avisando.
Não atualizo esse blog com a frequência que vocês merecem, mas quando resolvo escrever uma postagem eu pesquiso o tema com uma dedicação canina e redijo o texto com carinho maternal. Quanto a isso, dizem por aí que só existem 3 certezas na vida: A Morte, o Imposto de Renda e as informações encontradas neste blog (essa última certeza é fruto de um dos meus delírios de grandeza, hehehe).
Espero que encontrem a informação que procuram, que tirem as dúvidas, e que algum dia eu ganhe sozinho na mega sena.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Nova tecnologia de próteses

O Cirurgião Ortopédico norte- americano Ronald Hugate, serviu durante 4 meses em um hospital de campanha no oriente médio, e desde que retornou aos EUA está desenvolvendo uma nova tecnologia de próteses para ajudar pessoas que sofreram amputações. No momento ele está trabalhando em conjunto com estudantes de engenharia da universidade de Denver -USA. para desenvolver uma prótese permanente.

Eu acessei a página da Clínica de Denver (Acesse AQUI), e pelo que entendi, me parece que a idéia é desenvolver um modelo híbrido combinando uma haste intramedular que funcionaria como uma endoprótese, mas que se projetaria para fora do coto de amputação, o que permite que seja conectada a um membro protético.
Ele chama esta técnica de integração óssea, e tem por objetivo melhorar a interface entre a prótese e o membro residual.


Eu achei esta idéia super interessante, principalmente para as pessoas que tem um coto de amputação curto, pois um coto curto dificulta muitíssimo o encaixe das próteses que temos atualmente, e frequentemente compromete a funcionalidade da prótese.
Segundo Ronald Hugate, este projeto pode estar pronto em dois anos, e tem potencial para substituir a atual tecnologia de soquete que tem alguns inconvenientes como formação de bolhas, a necessidade do controle ponderal do paciente (se a pessoa engordar ou emagrecer, o volume do membro residual se altera e também altera o encaixe da prótese).
Assista a reportagem abaixo.




Pois é galera, preparem-se para o futuro.

sábado, 9 de novembro de 2013

Descoberto novo ligamento no joelho?

Confesso que fiquei perplexo com a notícia que vi no facebook e depois em alguns sites da internet. Foi divulgado na rede que pesquisadores belgas haviam descoberto um novo ligamento no joelho. Pensei comigo mesmo: Como assim deixaram escapar um ligamento todos esses anos? e logo no joelho! Anos e anos de estudos morfológicos, centenas de milhares de Ressonâncias Magnéticas, incontáveis cirurgias em  joelhos de pessoas ao redor do mundo e simplesmente, de repente, alguém descobre um novo ligamento no joelho? Fiquei realmente intrigado, e fui atrás do artigo original para saber mais sobre esta descoberta inacreditável.


O artigo em questão foi publicado em agosto de 2013 no Journal of Anatomy (Acesse clicando AQUI ) com o título “Anatomy of the anterolateral ligament of the knee” (Anatomia do Ligamento Anterolateral do Joelho). A descoberta deste novo ligamento seria realmente fantástica, exceto por um pequeno detalhe: O até então “ ligamento desconhecido“ já havia sido descrito há mais ou menos uns 134 anos atrás por um cirurgião francês chamado Paul Segond (tá aqui a publicação original onde ele descreve o ligamento – Obs: tá em francês,  Acesse Clicando AQUI  ). Ok pessoal, detesto ter de zoar com a manchete dos sites de notícias, mas infelizmente esta é a verdade.
O que eu achei mais curioso disso tudo foi que a informação de que o Ligamento anterolateral do Joelho não foi nenhuma “descoberta” pode ser facilmente encontrada na primeira linha do resumo do artigo: “In 1879, the French surgeon Segond described the existence of a ‘pearly, resistant, fibrous band’ at the anterolateral aspect of the human knee... " (Em 1879 , o cirurgião francês Segond descreveu a existência de uma faixa fibrosa,resistente e perolada no aspecto anterolateral do joelho humano...)
Obviamente que o artigo não é uma fraude. O estudo é relevante pois faz uma avaliação qualitativa e quantitativa da relação do ligamento anterolateral com outras estruturas anatômicas próximas e levanta a discussão sobre a importância biomecânica deste ligamento.Trata-se portanto de uma investigação mais detalhada e minuciosa de uma estrutura anatômica já conhecida porém pouco estudada e não necessariamente uma descoberta. Porém o que mais me intrigou  foi o fato de que os sites de notícia se preocuparam apenas em copiar e colar a manchete sem ao menos verificar a fonte original.
Mas graças ao meu comportamento esquizofrênico/paranóico de duvidar da realidade, fui em busca de outros artigos científicos sobre o tal Ligamento Anterolateral e olhem só o que eu achei: Um trabalho publicado por pesquisadores da USP na Revista Brasileira de Ortopedia com o título: Estudo anatômico do Ligamento Anterolateral do Joelho (Acesse Clicando AQUI )
E pasmem: Publicado em abril de 2013!!!!!
Eu não sou anatomista, e pode ser que eu esteja enganado, mas pela descrição dos ligamentos, me parece que os dois artigos descrevem a mesmíssima estrutura anatômica.

MORAL DA HISTÓRIA:

Faça como o He-Man, não acredite em tudo que aparece no facebook.

Hasta la Vista amigos

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Infográfico VNI no Edema Agudo de pulmão

Olá Fisionautas!
Entrei  numa onda meio loca esta semana e resolvi me dar ao trabalho de criar um infográfico sobre VNI.
Como não sou designer, e como este foi o primeiro infográfico que fiz, posso dizer que me sinto realizado com o resultado e espero que os próximos sejam melhores.
Para baixar o arquivo em pdf, acessem o link abaixo
 http://www.mediafire.com/?sohlhb0zhhhb5zy
Hasta la Vista amigos!
Espero que vcs também gostem